Missão
Integrar e representar a comunidade empresarial, contribuindo com responsabilidade social para o desenvolvimento econômico e cultural de Canguçu e Região.

Visão de Futuro
A ACICAN será uma entidade referencial em ações de desenvolvimento sustentável, promovendo o fomento econômico e cultural, com responsabilidade social, realizando eventos que solidifiquem as atividades econômicas de Canguçu e região.

Histórico
A Associação do Comércio, Indústria e Serviços de Canguçu (ACICAN), foi fundada em 25 de agosto de 1950, quando contava com 8 empresas associadas. Em abril de 2015, o número passou para 123 empresas, sendo que a maioria são filiadas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

O SPC, um departamento da ACICAN, foi fundado no dia 12 de março de 1980. Naquela época, funcionava com linha física e consulta manual, superando muitas dificuldades, sob a presidência de João Paulo Bettin. Foi totalmente informatizado, por volta de 1997, e integrado ao SPC-RS, em dezembro de 2000, sob a presidência de Mogar Telesca da Silveira. Já sob a presidência de Marcus Vinícius Barbosa e diretoria de Carlos Alberto Moraes, colocou em funcionamento, em maio de 2004, o sistema SPC-NET, que emite uma informação cadastral atualizada de todo o País.

Objetivo principal
Ciente das dificuldades e dos desafios envolvidos no processo de desenvolvimento econômico e social do município, a ACICAN tem buscado incentivar ações junto à classe empresarial, no sentido de despertar uma postura empreendedora voltada para o crescimento econômico-sustentável dos setores produtivos, mas, também, de construir uma nova postura social e desenvolver uma renovada cultura local a partir da busca do apoio da comunidade em geral e do poder público, no intuito de valorizar pessoas e empresas locais, as quais, ao longo dos anos, têm contribuído para a construção de nossa história.

A ACICAN, por meio de sua diretoria e de seus associados, pretende, por meio de ações, buscar o auxílio dos demais setores neste projeto, alavancar o crescimento local e proporcionar a formação de novas lideranças e novas personalidades empreendedoras, capazes de impulsionar a projeção do município na esfera estadual e, até mesmo, federal, e que tais lideranças sejam capazes de sustentar os pedestais deste desenvolvimento.