Abrir uma empresa simboliza um grande passo para o seu negócio. Mas antes que essa decisão seja tomada, é necessário que você defina algumas características da sua futura empresa, como por exemplo, o formato jurídico e o regime tributário.

Depois que você definir como será a sua empresa, é hora de contratar um serviço de contabilidade confiável para continuar com as etapas de abertura. A sua contabilidade tem a função de te guiar em cada procedimento, para que assim a sua empresa comece a atuar de forma legalizada.

O processo de abertura varia conforme cada tipo de empresa e o estado onde ela está sendo estabelecida, mas no geral existem quatro etapas necessárias para que uma empresa possa finalmente sair do papel.

Registro na Junta Comercial

Assim como uma casa necessita de uma escritura, uma empresa precisa de um registro legal para simbolizar a sua existência. No caso de uma ME ou EPP, esse registro é feito na Junta Comercial.

Para obter o registro é preciso apresentar um contrato social, no caso de uma LTDA; o requerimento de empresário; a cópia dos documentos do empreendedor e, quando for o necessário, de seus sócios; além de alguns documentos específicos de cada Junta Comercial.

Obter o CNPJ

O Cadastro de Pessoas Jurídicas (CNPJ) é a identidade da sua empresa. A obtenção do CNPJ é obrigatória para que uma empresa possa exercer suas atividades, e seu pedido é realizado no sistema da Secretaria da Receita Federal. Com o CNPJ em mãos você poderá escolher o setor e as atividades que a sua empresa irá prestar.

Inscrição Municipal

A Inscrição Municipal simboliza a identificação de uma empresa e a autorização para o seu funcionamento em um determinado município. A emissão de notas fiscais, por exemplo, só é liberada a partir do momento em que a Inscrição Municipal é validada. Em diversos municípios a Inscrição Municipal é gerada automaticamente após o registro na Junta Comercial.

Inscrição Estadual

Empresas do setor de comércio, fabricação ou de serviços e que fornecem mercadorias precisam ter uma Inscrição Estadual. Vale lembrar que determinadas atividades necessitam obrigatoriamente de uma Inscrição Estadual, desta forma é necessário confirmar com o seu contador se as suas atividades escolhidas vão necessitar desta inscrição.

Informações: Jornal Contábil