O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul – Sebrae RS- realizou um estudo socioeconômico da cidade de Canguçu. O trabalho foi desenvolvido pela área de Gestão Estratégica do Sebrae e teve como objetivo disponibilizar informações sobre o perfil socioeconômico de todos os municípios gaúchos.

Os dados foram extraídos de fontes oficiais de informações e se referem aos últimos dados disponibilizados. Foram utilizados dois critérios para a classificação de porte das empresas: por número de funcionários e por faturamento.

Segundo o perfil econômico, a maior parte da população de Canguçu trabalha no comércio, sendo 906 microempresas e 44 pequenas empresas. O segmento de maior participação do número de empresas em 2014 era de comércio varejista não especializado.

Em 2016, segundo o perfil de consumo, Canguçu ocupa a 58ª posição no ranking estadual. Já no ranking nacional, Canguçu ficou com o 657º lugar. O potencial de consumo urbano da cidade é de R$ 386 milhões. O maior potencial de consumo urbano, por tipo de despesa em 2016, é destinado à manutenção do lar, com 26,1%.

Em 2013, Canguçu ocupava a 475ª posição no estado em relação ao Índice de Desenvolvimento Socioeconômico – IDESE. No mesmo ano, o produto interno bruto era de R$ 777,6 (0,23% do RS).

Clique aqui e veja o relatório completo do desenvolvimento socioeconômico de Canguçu.

Informações: Sebrae RS.